Acordando você para a midia!


A profissão: redator publicitário part 1
Maio 17, 2009, 12:58 pm
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , ,

Olivetto 
Um redator sem criatividade é um redator desempregado, uma das áreas da publicidade e propaganda em que se mais exige a criatividade é para a parte de criação, que é composta pelo diretor de arte e o redator que juntos formam a famosa dupla de criação.
Já o diretor de arte é aquele profissional que cuida da parte visual de uma campanha, ele tem que dominar programas de edição de imagem, fotografia, cinema, pintura, tipografia, design, artes gráficas, ilustração, e assim como o redator estar por dentro do que está na mídia sempre, já que o mercado muda o tempo todo e tanto o redator quanto o diretor de arte deve estar atualizado para que seus anúncios atinjam seus objetivos quanto à idéia que se quer passar naquele momento, naquela mídia, para aquele tipo de público. Ou seja, tem que haver a técnica também.O trabalho da dupla é essencial para propaganda, já que os dois têm que manter uma boa interatividade para que o trabalho tenha êxito.

O trabalho do redator não se limita apenas à escrita. Na verdade, ele é um criador de conceitos, sustentados por idéias que serão traduzidas em um texto, que, por sua vez, está relacionado com os aspectos gráficos (no caso de impressos) e sonoros (em rádio) ou com as imagens (no caso de filme para tevê) que compõem uma peça ou uma campanha.( MORAIS, 1997 )

O redator precisa sim ter uma noção do trabalho feito pelo seu diretor de arte, pois ambos trabalham em conjunto e assim na hora de colaborar com o processo de criação um do outro se torna mais fácil, obtendo um equilíbrio no trabalho. O redator é sempre aquele chato que corta as idéias do diretor de arte, quando o mesmo começa a dar algumas “viajadas”, já que é o próprio redator que deve estar atento aos objetivos de marketing, e principalmente ao briefing.
A publicidade está ficando sem redatores, grande parte porque estudantes saem da faculdade totalmente despreparados para o mercado, e alguns no último ano da faculdade ainda sequer sabem a área que desejam atuar, ou seja, não se prepararam especificamente para conseguir um bom emprego na área interessada, alguns até chegam a mandar um currículo para conseguir um emprego dizendo apenas que querem trabalhar na área de criação, mas não falam se é a parte de direção de arte ou de redator, tornando mais fácil a recusa de emprego em uma agência.
A faculdade serve de base, e ninguém que apenas tem um diploma na mão consegue um bom emprego com reconhecimento no mercado, pois o curso de publicidade e propaganda é bem amplo, ou seja, se o estudante se interessar por qualquer área que seja, ele tem que se aprofundar, ler livros, participar de palestras, fazer cursos específicos e manter-se atualizado. Não adianta nada um diretor de arte que não sabe nem mexer no photoshop, um fotógrafo que apenas sabe fotografar numa digital e não conhece as técnicas de luzes e ISOS, e um cozinheiro que não sabe cozinhar, é a mesma coisa de um redator que não sabe escrever.
Na maioria das vezes na própria faculdade os alunos não criam o hábito de leitura, e o fato é quem não lê não escreve bem. É nessas horas que observamos os textos cada vez menores e muitas vezes mal escritos na propaganda, e a diferença que uma agência de grande porte na capital tem sobre uma pequena agência do interior, uma das principais características é exatamente essa de não se trabalhar com as duplas de criação, mas com um faz-tudo-diretor-de-arte. As pequenas agências quase sempre abrem vagas para diretores de arte que se arriscam na parte de redação, estas se preocupam tanto com a parte gráfica que em quase todas esquecem de se preocupar exatamente com a mensagem, tornando o trabalho pobre, mesmo que seja esteticamente bem feito.
Desde antigamente no comércio, negócios são feitos com palavras, e palavras em um texto persuasivo conversam com seu publico tornando o anuncio mais convincente. Claro, que investir na parte visual é super importante, mas o texto ele sim, cria uma intimidade com seu leitor, que quando utilizado os recursos lingüísticos corretos obtêm a resposta positiva do trabalho feito mais rápido.

Falando em escrever bem…

olha só esse anuncio que bacaninha

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: